quinta-feira, 1 de maio de 2014

Dia do Traballho: 5 considerações sobre produtividade e gestão

E cá estamos a comemorar mais um Dia do Trabalho.
Isso me fez aproveitar o feriado para refletir sobre o tema.

Afinal, é o trabalho que permite e provoca a movimentação do meio, nesse caso do meio corrente, conhecido como moeda corrente, ou seja, o dinheiro.
e sendo o meio um elemento de conexão entre pontos, sua principal missão é servir de referência de valor para alguma forma de troca.
e deve gerar lucro.

Se você imaginar que somos (syn! todos nós Seres Humanos também somos seres sistêmicos), estamos e vivemos em sistemas (portanto composto de três momentos sequenciais _ Entradas, Processos e Saídas) esse meio em questão ganha importantes e valiosos significados.

É a função trabalho que faz com que ocorra a fluidez de um ponto inicial até o ponto final (aquele ponto que pode ser, por exemplo, algo que se deseja atingir).
Vamos juntos então, navegar por alguns sistemas, para podermos avaliar melhor essa questão do trabalho e suas implicações diretas e indiretas.

Esse Ser País que ocupa uma extensão geográfica significativa no Ser Planeta.
Podemos nos considerar privilegiados por isso, pois nossa localização nos oferece terras férteis, rios caudalosos, variada vegetação, subsolo rico e um clima tropical. São recursos naturais disponíveis, prontos para serem trabalhados.
É aqui, nesse país que trabalhamos, que ocorre a fluidez entre o que fazemos (o esforço _ força e empenho) e o que realizamos (ou seja o resultado final, tanto para você como para o outro).
Ok!
Já estamos com dois sistemas envolvidos: o macro local e as pessoas.

Agora é que começam os desafios!
Precisamos incluir outros sistemas: social, político, econômico, empresarial, fiscal...
Lembrando que o tema em debate é trabalho, produtividade e gestão, vamos em direção ao principal sistema: o Ser Empresa.

Em minha atividade, tenho lido, observado e constatado que precisamos adotar urgentemente algumas ações, para que possamos fazer com que as futuras comemorações desse dia, tragam maior e melhor significado:

1. CAPACITAÇÃO:
Infelizmente, nosso sistema educacional está falho.
Com isso, todo e qualquer trabalho é realizado por meio do aprendizado direto (ou seja, alguém na sua empresa faz a atividade e ensina aos mais novos).
Existem prós e contras, como em tudo.
Porém, aqui me espanta que, tanto quem faz como quem está a aprender, apenas transmite e recebe esse conhecimento prático.
Falta adicionar um componente fundamental: o conhecimento teórico.
Se unirmos ambos _ teoria e prática _ ocorrerá uma manifestação positiva, pois permitirá a todos os envolvidos, em cada uma das etapas, desde o início até o final, poderem estar comprometidos não somente com o resultado, mas também com a correta avaliação do trabalho feito e mais ainda, com possíveis aperfeiçoamentos e melhorias, a serem aplicadas quando de nova repetição.

2. RECURSOS:
Quando falo em recursos, estou a dizer a oferta aos trabalhadores (sejam operacionais ou administrativos) de todo e qualquer material e ferramenta que necessitam.
Encontro em diversas empresas atividades sendo realizadas com recursos insuficientes e muitas vezes "adaptados".
Isso provoca atrasos, aumenta os custos e reduz a qualidade final.
Uma correta avaliação dos recursos para cada atividade provoca, no mínimo, satisfação de quem faz a atividade.
E no máximo, a satisfação do seu cliente, o que potencializa uma nova compra e indicações de compra (o que é fabuloso!).

3. PLANEJAMENTO:
Essa atividade ainda é algo vista como "perda de tempo".
E algumas empresas até o fazem, mas depois disso, deixam de lado, pois o mais importante é partir para a ação.
O planejamento é um investimento dos mais valiosos.
Requer a participação de todos da empresa.
Requer um compromisso com a correta leitura da realidade passada e atual, para buscar alternativas de futuro, que garantam a sobrevivência bem como um crescimento direcionado.
Além disso, evita a confusão que um crescimento inesperado!!!! provoca.
Evita aplicar recursos financeiros (tão árduos de ganhar) de maneira sentimental e depois ficar sem fôlego para os compromissos de curto prazo.
Precisa ser adotado como uma atividade dentro da agenda, se não de forma diária, que seja ao menos semanal, quinzenal e mensal.

4. COMPROMISSO:
Costumo dizer que o combinado não é caro.
Isso fica patente quando ao realizar, por exemplo, uma consultoria de processos, após feito o diagnóstico atual, proponho soluções e alternativas.
À partir daí, é importante que as pessoas envolvidas nas atividades que necessitam ser ajustadas, eliminadas ou incluídas, assumam de fato e de direito, o compromisso de que farão o seu melhor esforço, para garantir que as correções sejam feitas e se tornem uma nova prática.
Que se tornem um hábito.

Sabemos que as mudanças são traumáticas, porém, uma vez realizadas, podem produzir melhores resultados... ou não... mas somente assumindo o compromisso em realizá-las, será possível avaliar o resultado final.
não se pode deixar de fazê-las, apenas porque surgiram dificuldades, faltaram recursos ou a pior e mais pobre das respostas: falta de tempo!!!!!

5. RECONHECIMENTO:
Tema importante, delicado e gerador de angústias, inveja e mal-estar.
Será?
Todos nós precisamos de reconhecimento.
É parte fundamental de todo e qualquer sistema.
pois isso faz com que ocorra a tão necessária fluidez (que como já vimos, faz com que o lucro aconteça... E aqui não estou falando do lucro financeiro e syn! do lucro da vida).
Pode parecer difícil, mas se você começar a adotar essa prática, rapidamente notará mudanças nas pessoas que convive aí na empresa.
o reconhecimento deve servir tanto para aquilo que se identificou como gerador de melhorias, como para as falhas (afinal, sistemas falham).

Cada uma delas requer uma abordagem diferente na transmissão, para fazer valer a ambas as pontas (emissor e receptor).
Que tal começar a praticar amanhã?

CONCLUSÃO:
Entendo que há muito a se fazer.
Que o trabalho é a melhor maneira de se encontrar a realização.
Que precisamos unir trabalho a diversão, como fazem as crianças.
Que encontrar a melhor forma de se realizar um trabalho é algo que vai ajudar ao crescimento pessoal, empresarial, familiar, social e ambiental.
Que essas cinco considerações possam ajudá-lo a refletir sobre trabalho, produtividade e gestão.
Se quiser conversar, estou à disposição, syn!
http://synerhgon.com.br/
PS: Se gostou, compartilhe com sua rede de contatos aí na empresa e nas redes sociais. Se tiver dúvidas ou queira compartilhar suas sensações, deixe seu comentário e conversamos. Syn! Vibro que aprecie muito!

curta.contate.siga.vamos.juntos