sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

10 Posturas Poderosas em Sua Jornada Diária para Acontecer o Flux! por Eduardo Zugaib

Se você for como eu, que aprecia o que é compartilhado pelas redes sociais e que lhe ajuda a retornar ao seu Eu Interior, vai saber reconhecer a importância e a grandeza dos pequenos gestos.

Entendo que isso acontece de maneira intuitiva, na divina conexão cósmica que pulsa entre o nosso infinito subconsciente e o tradutor consciente.

Entre outros gestos, o destaque fica por conta das postagens que passam durante nosso passeio virtual pelas redes. Elas trazem algo mais, oferecem uma centelha de clareza, uma abertura ao magnífico, um portal de ampliação.

E hoje não foi diferente.
Estava naquele início do segundo movimento da manhã - após me servir de um saboroso café e uma fatia de pão com manteiga - a navegar pelo LinkedIn e uma das pessoas que estou conectado e interagindo compartilhou de outra pessoa, que desconheço, a mensagem que lerá logo abaixo.

Parei. Li. Reli. Absorvi.
E agora, resolvi deixar aqui, repetindo o mesmo pequeno gesto, mas de uma forma que tanto eu quanto você, possa voltar.
E voltar quantas vezes quiser.
Pois, espero, vai lhe possibilitar adentrar em sadio Flux!
  
São o que renomeei de as 10 posturas poderosas em sua jornada diária para acontecer o Flux! diferente do título que me foi presenteado, pois a sabedoria eterna que transmite merecia.



1. Faça o que é certo, não o que é fácil. O nome disso é Ética.

2. Para realizar coisas grandes, comece pequeno. O nome disso é Planejamento.

3. Aprenda a dizer "não". o nome disso é Foco.

4. Parou de ventar? Comece a remar. O nome disso é Garra.

5. Não tenha medo de errar, nem de rir de seus erros. O nome disso é Criatividade.

6. Sua melhor desculpa não pode ser mais forte que seu desejo. O nome disso é Vontade.

7. Não basta iniciativa. Também é preciso ter "acabativa". O nome disso é Efetividade.

8. Se você sabe que o tempo voa, trate de ser o piloto. O nome disso é Produtividade.

9. Desafie-se um pouco mais a cada dia. O nome disso é Superação.

10. Para todo "Game Over", existe um "Play Again". O nome disso é Vida.

_ postagem de Eduardo Zugaib, escritor e palestrante _

Pare. Releia... respire bem fundo três vezes e prossiga.
Isso reativa o Seu Melhor, independente de sua situação ou função profissional, para enfrentar mais uma jornada diária... que não tem volta.

Sucesso e até a próxima, syn!

PS: O autor não foi identificado. Caso conheça e queira informar nos comentários, será adicionado, com muita honra e gratidão.
Em 10/02/2016 o autor
Eduardo Zugaib http://bit.ly/20Vkf0l 
fez contato comigo, aqui pelos comentários e... que beleza! Descoberto o autor, da qual já me conectei via G+ e incluo seu crédito, merecido, syn!
Grato pelo contato, sucesso e avante sempre!
PPS: Se gostou, compartilhe com sua rede de contatos aí na empresa e nas redes sociais. Se tiver dúvidas ou queira compartilhar suas sensações, deixe seu comentário e conversamos. Syn! Vibro que aprecie muito!

curta.contate.siga.vamos.juntos
     

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Reuniões produtivas e efetivas: dicas para valer estar junto e focado

Quem já participou de reuniões que após 2 horas ainda não se chegou a nenhum resultado efetivo?

Lembro que quando comecei minha vida profissional, cheio de ideias e sugestões, entrava nas reuniões sempre empolgado em poder estar com os demais e compartilhar os casos, problemas e troca de soluções e ideias.
Com o tempo, descobri que, se não houverem algumas dicas produtivas, quase sempre a reunião acabava sem que se chegasse a um consenso ou, mais delicado ainda, um plano de ação.
O tempo passou e por incrível que pareça, vez ou outra acaba acontecendo novamente.

A semana passada saiu uma postagem no LinkedIn sobre isso.
Na realidade foi apenas uma imagem.
Uma imagem que vale e, nesse caso, continha palavras que valem por mil ;-) 
Não me contive e salvei, além de compartilhar, óbvio!
Eis a imagem - em inglês - que aproveito para comentar abaixo:


Dicas para Realizar Reuniões Efetivas:
Buscarei descrever um passo a passo sequencial, que costumo praticar.

1. Saber identificar a necessidade da reunião. 
Uma vez isso claro - existe essa necessidade e precisa ser debatida - para que se possa avançar com harmonia e acordo dos envolvido(s) ao fechar a reunião.

2. Criar a Pauta da reunião.
Isso visa facilitar a quem for convocado (ou convidado) se preparar antecipadamente para o(s) assunto(s) a serem apresentados.
Procure garantir que o(s) tema(s) são relevantes.

3. Identificar quem será(ão) o(s) participante(s).
Ao criar a pauta lembre-se de incluir quem será(ão) o(s) convocado(s) e é importante aqui pensar na(s) pessoa(s) e na(s) sua(s) função(ões) no Ser Empresa para evitar definir um horário que não a(s) prejudique(m) em suas principais atividades.

4. Fazer a convocação.
Agora é o momento de se comunicar com o(s) envolvido(s).
Isso deve ser feito formalmente. O email é um ótimo aliado, pois permite que todos recebam (seja no email empresarial ou pessoal) e se puder, peça a confirmação de recebimento e leitura, que vai lhe servir de referência ao retornar com o(s) aviso(s) de recebimento.
Caso sua empresa possua algum sistema de gestão (local ou na "nuvem") pode usá-lo também.
Eu costumo, sempre que convoco, usar ambos - email e nuvem - sendo que nessa coloco o email, incluindo todas as informações, principalmente envio, data, assunto e o corpo do texto da convocação, e informo os envolvidos.
Importante considerar:
Caso seja uma reunião que permita ao menos 3 ou mais dias de antecedência - em função do(s) tema(s) - isso é mais tranquilo de se fazer.
Caso seja uma convocação mais urgente, como fazer a reunião no início do próximo dia ou logo mais à tarde, além do email, use outro meio de comunicação eficaz, de preferência pessoalmente ou via telefone.
É importante que o(s) convocado(s) receba(m) e esteja(m) ciente(s) que deve(m) estar no local informado, no horário indicado.
Indicar data e horário de início e horário de término (algo que normalmente não se considera, porém de fundamental importância para as agendas dos participantes).

5. Reforçar a convocação.
Quando faltar 24 horas para o encontro, reforce por meio de email, telefone ou pessoalmente. Use o que for mais prático e usual para os envolvidos.
Lembre-se de estar previamente preparado!
Já aconteceu de ser convocado para uma reunião e ao chegar ser surpreendido tanto pelo tema quanto pela inserção de tópicos fora do contexto... a sensação é bem desagradável, acredite!

6. Momento antes de iniciar a reunião.
Procure chegar pelo menos 5 minutos antes. Sugiro 15 minutos caso precise preparar algum recurso no local como ligar algum apoio tecnológico, levar café ou algum material a ser distribuído, deixar à disposição caneta, papel, lápis e até um flip-chart, se for o caso.
Existem inclusive algumas técnicas de negociação que podem ser usadas.

7. Durante a reunião.
Esqueça seu smartphone! Sugiro que o desligue.
Respeite a pauta.
Compartilhe os dados relevantes.
Seja objetivo e conciso no seu depoimento.
Evite conversas ou comentários paralelos, você não precisa competir com quem está a falar. 
Caso se lembre de algo que vale comentar, anote no papel para posteriormente informar aos demais.
Não interrompa. 
E evite que os que lá estão, sejam interrompidos.
Coloque suas ideias e não seja irônico nem indireto com as pessoas.
Lembre-se que estão "todos no mesmo barco" e que cada um possui sua forma de Ser Humano.
Discorde sem ser desagradável. Você não precisa se tornar "o chato"...
Um dos participantes deve ser escolhido para ser o "facilitador" e outro o "secretário".
Dois personagens importantes.
O papel do "facilitador" é manter todos focados no que se está a debater, para evitar a inclusão de assuntos (que podem ser importantes) fora do foco principal.
Já o "secretário" é aquele que fará as anotações dos comentários e das soluções, podendo até informar (caso seja importante) quem disse.
Todos devem participar, expor suas ideias, pontos de vista, sensações, temores, sugestões e afins, de maneira positiva e participativa.
Ao término - dentro do horário previamente definido - o secretário informará os pontos principais e as decisões tomadas, para que todos ratifiquem.

O "silêncio" é considerado como um "de acordo". 
Ponto fundamental!
A pior sensação do silêncio é aquela em que você, que está expondo, ficar sem saber se quem está a ouvir está de acordo ou não quis se comprometer.

8. Após a reunião.
Ao término, você que convocou e o "secretário" devem em seguida, criar a Ata.
Uma vez terminada, releia-a.
Complete com as informações necessárias, caso seja importante, porém não acescente nem retire nada além do que foi tratado, debatido e comentado.
Procure destacar as decisões e as ações resolvidas e seus responsáveis.
Em até 24 horas, informe a todos os envolvidos, encaminhando a Ata, para que possam tomar conhecimento e desenvolverem seus planos de ação.

E avante, pois reuniões fazem parte do dia a dia empresarial.
Mas, precisam ser produtivas e efetivas.
Senão... é melhor não realizá-las, para evitar desgastes e desperdícios, com efeitos devastadores na motivação e na confiança.

Sucesso e que possa nos contar, nos comentários abaixo, o que aconteceu depois que adotou as dicas, para enriquecer a troca de ideias.

PS: Se gostou, compartilhe com sua rede de contatos aí na empresa e nas redes sociais. Se tiver dúvidas ou queira compartilhar suas sensações, deixe seu comentário e conversamos. Syn! Vibro que aprecie muito!

curta.contate.siga.vamos.juntos

     

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Produtividade: participação no CONAPROC com Lean Management e 5S

"O desafio de buscar maior produtividade é algo que temos o dever permanente de fazer."

Em Novembro de 2015 fui convidado pelo Engenheiro Civil Fausto Sabino da CONVERGE - SOLUÇÕES EM PRODUTIVIDADE para palestrar no CONAPROC BRASIL 2015, oportunidade em que tratei do tema LEAN MANAGEMENT e 5S no canteiro de obras.

Com esse objetivo, somado ao carinho e fabulosa dedicação que Fausto, ao me procurar, se envolveu aglutinando os mais reconhecidos especialistas em produtividade na construção civil, pude desenvolver - com abordagem que unia conceitos e sugestões práticas - essas duas ferramentas da qualidade.
Ambas já possuem histórico de vitoriosa aplicação e retornos.

E o CONAPROC - Congresso Nacional de Produtividade na Construção Civil foca na realidade que, sem medo de errar, pode ser associada aos vários segmentos de negócios desse nosso Brasil, sejam indústrias, comércios ou serviços.


 http://conaprocbrasil.com.br/


Apenas para ilustrar o que afirmo acima, um artigo publicado na Folha de São Paulo em 31/05/2015, cuja manchete dizia:

"Um trabalhador norte-americano produz como quatro brasileiros." - clique aqui para ler -

...nos traz de volta a essa difícil, mas não impossível realidade.
Pensei comigo...
Puxa vida! 
Até quando ficaremos nessa de "fazer corpo mole" ou "fazer o básico do mínimo"?
Já passou da hora de compreendermos que precisamos colocar as melhores cabeças pensantes junto com aqueles que estão no operacional e juntos, desenvolvermos formas e maneiras - somos criativos, certo? - inteligentes e consagradas para diminuir e eliminar essa perniciosa diferença.
Pontos a atacar de imediato, seja aí na sua empresa, departamento e você:

Nível Educacional: 
Planejar em suas agendas momentos semanais de capacitação e treinamentos. Tanto com as pessoas internas à sua empresa quanto com instrutores e consultores externos.
E não necessariamente no estilo "sala de aula".
Um encontro de 60 a 90 minutos com tema pré-definido e objetivos a serem alcançados, conhecido previamente pelos participantes já fará diferença.

Qualificação da Mão de Obra:
Existem várias e excelentes opções no mercado, prontas e com farta bagagem para atender pontos chaves em sua operação.
E reduzir a insegurança e a famosa "gambiarra".

Gargalos na infraestrutura:
Velho conhecido...
Mesmo ainda sendo nosso país um governo novo - 515 anos de vida - devemos cobrar incessantemente dos governantes que apliquem nesse tema, para possibilitar agilidade, rapidez e segurança nos deslocamentos dentro e para fora.

Investimentos em inovação e tecnologia:
Aplicação de incentivos internos aí na sua empresa, para que qualquer pessoa possa colocar suas ideias em pesquisa, formar times de inovação e contar com total apoio da direção e da gerencia.
Mãos à obra!

Se você acompanha meus artigos e postagens, sabe muito bem que sou fã dessas atividades e ações dentro das empresas.
Para evitar que esse momento, que agradeço, investiu na leitura e no vídeo da chamada da palestra, não fique apenas na memória, tome uma atitude:
Faça contato e vamos conversar!
O tempo flui quer queiramos ou não, concorda?
Então... próximo movimento é atuar firme na geração de produtividade.
Aguardo seu contato, syn!

video

PS: Se gostou, compartilhe com sua rede de contatos aí na empresa e nas redes sociais. Se tiver dúvidas ou queira compartilhar suas sensações, deixe seu comentário e conversamos. Syn! Vibro que aprecie muito!

curta.contate.siga.vamos.juntos
     

sábado, 19 de dezembro de 2015

6 pontos a avaliar em seu "Pit Stop" no campeonato profissional

Imagine que o ciclo de um ano é o seu campeonato profissional.
E que, após 12 meses de disputa, está prestes a terminar.
Oportunidade importante e necessária para aquele "pit stop" profissional.
Sugiro você o faça pelo menos nesse período de festas, caso não consiga durante o decorrer do ano (que é importante adotar) visto seu total envolvimento na dinâmica da disputa permanente.

Considero extremamente salutar esse investimento de seu valioso tempo no exercício de revisar os fatos e ocorrências de seu campeonato profissional anual que agora, queira ou não, chega ao fim.
Permite que, sem pressões externas e lutas internas, realize de maneira consciente, realista e com clareza sua sincera avaliação.
Faça uma lista e anote cada um dos pontos. 
Procure definir um peso de 0 a 5 e assuma que zero indica menor satisfação e cinco satisfação efetiva.  

Assim como nas corridas de automóveis, segue uma lista a considerar:

Troca de pneus afinal rodar 365 dias gera desgaste e dificulta a dirigibilidade com excessivo esforço e reflexos na baixa produtividade final, para que se mantenha na pista. 
Considere que seus pneus são suas metas de curto prazo e busque fazer essas trocas durante as 52 semanas. Inclua desde já em sua agenda para "evitar" esquecer.

Recarregar o tanque de combustível que é aquela energia interior que nos faz mover, dia após dia, superando os altos e baixos do cotidiano. 
Pense que seu combustível precisa de abastecimentos regulares e que isso inclui adicionar encontros informais, estar em palestras, fomentar a troca de ideias com colegas de profissão, presença ativa em grupos que curtem os mesmos temas, por exemplo.

Ajustes nos spoilers para que possa corrigir e se adaptar às mudanças de ventos e alterações climáticas do mercado.
São simples e pequenas correções que servem para ganhar mais velocidade e equilíbrio durante cada etapa diária, combater o estresse das mudanças de agendas, sem perder o objetivo ou sofrer deslizes que o levem a sair da pista.

Ajustes mecânicos sejam no motor ou na suspensão para suportar os trancos no asfalto e lavadeiras das pistas - oportunidades e riscos inesperados e concorrentes que disputamos dentro do segmento.
Sabe aquela terceira marcha que precisa ser esticada para melhor performance?
Ou aquela lavadeira que, volta após volta, você sempre acaba entrando de lado?
E os impactos fazem com que se sinta como se tivesse tomado uma surra?
Aqui considere adotar em suas atividades, breves momentos de parada, que podem incluir alongamentos e esticamentos, se levantar da cadeira e caminhar, idas ao banheiro com direito a jogar água no rosto e cabelos, entre outras. 

Ajustes telemétricos para organizar e limpar os bits & bytes dos bancos de dados, tanto nossos - pessoas físicas e suas caixas de entradas de emails e downloads realizados para leitura e aprendizado, documentos em espera de complementação, mensagens recebidas e enviadas, as que não foram lidas ou que lá ficaram após conhecimento - quanto das pessoas jurídicas e toda a comunicação e relacionamentos via internet e internamente.
Importante incluir também as mensagens recebidas de comunicações rápidas e instantâneas, que além de necessitarem percorrer até aquele ponto, entopem seu Smartphone, tornando-os lentos e irritantes.
Procure criar formas e maneiras de fazer essa gestão ser a mais produtiva e ágil para que, ao nelas estar, colha o que busca e delete o que não agrega valor para sua permanência.



Finalmente limpar a viseira para aprimorar a sensibilidade na leitura e tradução do que vivenciamos nas relações comerciais e gerenciais e reagir com maior segurança e confiança nas tomadas de decisões e suas ações.
Aqui convêm adotar um elemento extra profissional: cuidar-se como Ser Humano. Incluir além do horário profissional, atividades que lhe tragam maneiras inteligentes de "estar com você" e se presentear, como por exemplo terapias espirituais e psíquicas, artes, cultura, meditação, exercícios físicos, encontro com familiares e amigos. 
E o mais importante: habituar-se a sentir e refletir bom humor.
Vai ajudar a tirar a sujeira e a diminuir a sombra e o escuro que inconscientemente geramos.

Com essas práticas, poderá estar mais consciente e equilibrado para, com renovada energia, largar para mais uma jornada profissional no próximo campeonato que em breve se inicia. 
Sua lista de pontos e pesos que anotou cuidadosamente e classificou durante sua avaliação servirá de referência para o controle, comparação e aprimoramentos que acontecerão ao se iniciar o novo campeonato. E ao longo dos campeonatos, mostrará onde avançou, se manteve ou ficou para trás, para novo "pit stop".

Que possa lhe ser útil e ajudá-lo a vencer cada etapa - dia, semana e mês - traduzindo-se no desenvolvimento de sua carreira profissional, que é um elemento chave para a conquista de seus sonhos, suas metas e sua satisfação.

Boas Festas e Próspero Campeonato, syn!

PS: Se gostou, compartilhe com sua rede de contatos aí na empresa e nas redes sociais. Se tiver dúvidas ou queira compartilhar suas sensações, deixe seu comentário e conversamos. Syn! Vibro que aprecie muito!


curta.contate.siga.vamos.juntos