terça-feira, 12 de agosto de 2014

Trabalho e Felicidade: algo possível? Siga 7 boas dicas de especialistas

Pois é...
Esse dilema entre trabalhar e ser feliz sempre acaba nos encontrando em algum momento da vida, certo?
E, queiramos ou não, acaba por evoluir para outros setores da nossa Roda da Vida.
Assim, como encontrar uma maneira saudável e inteligente de criarmos uma convivência entre ambos?
Encontrei um artigo que poderá lhe ajudar.
São dicas simples e complexas.... como sempre gosto de dizer!
Leia com atenção e trate de começar a praticar.
Para seu bem-estar e para que você possa, com toda sua sinergia, Ser Estar Fazer aquilo que lhe foi confiado, muito antes de aqui respirar.
Boa leitura, syn!
http://www.shineyournature.blogspot.com.br/2014/03/trabalho-shine-your-nature-fatorsyn.html

"7 Passos para Ser Mais Feliz no Trabalho, segundo a Ciência"
Por Rennan A. Julio _ revista Galileu _ (hiperlinks indicados no original)

Pesquisas mostram que bastam algumas mudanças para encontrar maior qualidade de vida.
Pode até parecer que a rotina já o engoliu e que todos os seus sonhos de universitário foram atropelados pela vida, mas sempre há como mudar a forma com que você encara o serviço. 
Pesquisas, estudos e livros mostram que somente alguns passos são necessários para uma vida mais tranquila no trabalho. 
Então veja a lista de dicas que a The Week separou para ser mais feliz com a sua profissão:

1 – Dinheiro não importa tanto assim
Por mais que pareça um pouco utópico e até mesmo inacreditável para a realidade em que nos encontramos, dinheiro não é sinônimo de felicidade. Segundo pesquisas recentes, dos fatores que fazem as pessoas felizes no trabalho, bom salário está entre os últimos.
Para uma pesquisa realizada nos Estados Unidos, China, Japão e Índia pela Mercer, “base salarial” se encontra em sétimo dos 12 principais fatores para ser feliz no trabalho. 
Segundo a Harvard Business Review, “aceitar um trabalho pelo salário” é um arrependimento número um na pesquisa de carreiras.
Surpreendente?

2 – Status vale menos do que respeito
Por mais que profissões antigas, que carreguem respaldo da sociedade, possam parecer mais prestigiosas, saiba que mais vale um emprego em que se é respeitado do aquele que impõe respeito.
Segundo essa pesquisa, ser um chefe confiável – ou confiar no seu chefe – vale mais do que um aumento de 30% no salário. 
Para essa equipe, fazer parte de um grupo de colegas que gosta significa maiores chances de promoção. 
Para o sociólogo Richard Sennett, escritor do livro ‘How to Find Fulfilling Work’, respeito faz com que as pessoas se sintam “seres humanos completos, cuja presença realmente significa alguma coisa”.

3 – Fazer a diferença faz diferença
Uma lista com os “trabalhos mais felizes” foi divulgada e nas primeiras colocações pudemos encontrar:
bombeiros, professores, fisioterapeutas, psicólogos e muito mais. 
Em breve conclusão, trabalhos que trazem benefícios sociais tendem a trazer satisfação pessoal.
Para os cientistas Howard Gardner, Mihaly Csikszentmihalyi, e William Damon, pessoas que trabalham para o bem dos outros exibem altas taxas de felicidade no emprego.

4 – Use o que você tem de melhor
Procure usar o seu talento! 
Segundo esta pesquisa, trabalhar com o que gosta é responsável por grande parte das “emoções felizes” que sentimos. 
Quando incentivadas a fazerem o que sabem – e amam –, as pessoas são mais produtivas.
http://www.shineyournature.blogspot.com.br/2014/04/entusiasmo-shine-your-nature-fatorsyn.html
5 – Corra atrás do que ama
O clichê ataca novamente: 
Fazer o que ama traz benefícios muito positivos. 
Para essa pesquisa, os indivíduos entrevistados que trabalhavam com o que amavam se mostraram muito mais satisfeitos, animados e felizes com suas vidas. 
Em contraponto, demonstraram baixíssimos níveis de ansiedade e depressão.

6 – Seja autônomo
Autonomia é um dos passos mais importantes para um bom emprego. 
Sentir-se capaz de controlar o seu tempo e suas ações, sem que sejam necessárias ordens, é ideal, como diz o livro ‘How to Find Fulfilling Work’
Viva a liberdade!

7 – Pare de procurar o trabalho perfeito
O trabalho perfeito não existe! 
Pelo menos não aquele que você sonha antes de dormir... 
“o que uma pessoa pode aprender, praticamente todas as pessoas podem aprender”. 
Com isso, ele defende que a evolução dos nossos talentos seja constante, gerando a abertura de portas novas o tempo inteiro. 
Assim aumentando as chances de fazer o que gosta e, consequentemente, de ser feliz no que faz.

Então... gostou?
Fiquei aqui a pensar enquanto criava o post e relia a matéria...
Procure "sentir"aí em sua empresa isso que foi descrito acima.
E saiba que nada é mais importante que encontrar esse "estado de viver".
Somente assim, poderá se desenvolver, encarar os medos e as mudanças e principalmente os momentos de maior dificuldade, quando precisará acreditar muito em seus talentos, virtudes e em você.
-- compartilhe se gostou, isso é nosso dever e obrigação, syn! --


http://ricomader.blogspot.com.br/2011/03/compartilhar-e-contruir-conhecimento.html

domingo, 20 de julho de 2014

IBIZA, um lugar de sonhos... você e sua empresa podem me ajudar a estar nesse "paraíso"

Sabe aquele lugar que você algum dia sonha estar?
Aquele lugar que você sonha poder passear e aproveitar cada canto, cada movimento, cada loja e restaurante, cada dia e noite, cada pessoa nativa e apreciar o turismo, a cultura, a economia e sentir o ambiente social em que vivem?
Saiba que isso é antes de tudo extremamente saudável... diria até necessário!
E serve de incentivo para que você possa se dedicar mais naquilo que faz, para, como um presente pelo seu esforço, ir até lá e realizar "in loco", seu sonho.
Pois bem... um de meus sonhos é estar em IBIZA.
E de preferência, em pleno verão europeu, óbvio!
Ibiza é uma ilha do arquipélago de Baleares, localizada no Mar Mediterrâneo, sendo uma comunidade autônoma da Espanha.
http://www.ibiza.travel/en/
E que, no verão europeu (que começa em junho e termina em outubro) atinge seu pico, com uma agitada vida noturna em badalados bares e danceterias, que varam a noite e convidam para agradecer ao nascer de mais um dia de sol.
Durante o dia (ou melhor, a tarde, afinal precisamos dormir e repor as energias, certo?) pode-se curtir passeios em lanchas e iates, esquiar, andar de parapente e apreciar as praias em mergulhos no mar, para se refrescar e curtir a vida marinha ao redor.
E como não pode faltar... champanhes francesas, cerejas de verdade, lagostas ao termidor e tudo que o luxo pode nos proporcionar.
E o melhor de tudo, pagar em Euros e... à vista!
Ibiza é um lugar bastante conhecido também por suas... 
praias de nudismo... 

E aqui começo a lhe explicar 
o porque vou pedir que 
me ajude a estar nesse "paraíso" :-)
Vamos fazer um acordo.
É um acordo simples, mas complexo.
Entenda porque é simples e complexo.
Por que é simples?
É simples porque, sinceramente, acredito que não vai "quebrar" nem você nem sua empresa.
Esse nosso acordo será com sua empresa, não com você, pessoa física, ok?
Portanto, relaxe e vamos em frente.... rumo a IBIZA :-)
O que preciso que me ajude é simplesmente 
DOAR DIARIAMENTE, 
isso mesmo, 
todos os dias, apenas R$ 100,00 (cem reais) em minha conta corrente.
Estou a pedir somente R$ 100,00 (cem reais).
E de sua empresa, não de você, caro leitor.
Nada mais e nada menos.


Topa encarar e me ajudar a realizar um sonho?
Pergunto: 
"O que são R$ 100,00 (cem reais) para sua empresa?"
Antes que responda nos comentários do blog, vamos ao complexo.
Por que é complexo?
Porque (e se eu estiver errado, por favor, comente no blog), vai ser um indicador do DESPERDÍCIO diário que acontece aí na sua empresa.
Calma... 
Não se irrite.
Vou justificar meu pedido de doação de apenas R$ 100,00 (cem reais) todos os dias em minha conta corrente.
Lembro que será muito bem utilizada essa sua doação, pode ter certeza absoluta.
Pare e reflita com as seguintes questões chaves:
a) Quanto de material é desperdiçado diariamente na sua empresa?
_ "material" que compreende: matéria-prima, suprimentos, de consumo, em processo, em espera, em transporte, em inspeção, em não conformidades, perdidos no almoxarifado, abandonados nos páteos, escondidos nas bancadas e nas mesas... a lista é longa, eu sei.
Faça uma lista agora.
Pegue um papel e uma caneta.
Vale a pena e não vai demorar mais do que 5 minutos.
Pegou?
Excelente!
Agora escreva cada um dos itens que lembrar.
Em seguida, após listar cada um dos itens, procure valorar, ou seja, determinar um valor monetário para cada um dos itens que indicar.
Ainda não some, vamos em frente.
b) Quanto é desperdiçado diariamente em sua operação?
_ "operação" que pode ser um processo industrial, uma atividade fabril, administrativa, de vendas, de atendimento ao cliente, de aprovação de qualquer coisa, de solicitação de compras, de um pedido de reembolso, um retrabalho, um questionamento de alguma pessoa e por ai vamos... é outra lista bem longa, eu sei.
Pegue aquela sua lista e trate de valorar, determinar um valor monetário.
c) Quanto de informação é desperdiçada diariamente em sua empresa?
_ "informação" aqui compreendida como comunicação falha, falta de retorno, falta de confiança nos números, necessidade de se levantar de sua cadeira, sair de sua mesa e ir até o local aonde está o que precisa se certificar e depois voltar (e tomara que ninguém apareça e interrompa esse seu caminhar), reuniões sem pauta e ata... mais uma lista longa, eu sei.
Inclua em sua lista e busque valorar monetariamente.
d) Quanto desperdício de documentos acontece diariamente em sua empresa?
_ vamos assumir aqui que "documentos" correspondem aos papéis que não precisariam existir, mas por força dos hábitos (algo como já ouvi centenas de vezes... "Aqui sempre foi assim.") continuam a ser gerados, preenchidos, encaminhados, bem como o oposto, aqueles documentos fundamentais (como os fiscais e afins) que simplesmente, como num passe de mágica, somem... a lista é longa, eu sei.
Aproveite sua lista (que com certeza deve estar grande) e acrescente o valor monetário.
e) Quanto desperdício com o meio ambiente ocorre diariamente em sua empresa?
_ "meio ambiente" será aqui considerado somente o local físico (área construída e área total) de sua empresa. Já passeou pelos corredores, áreas comuns, banheiros, refeitórios, páteos, fundos de galpões, o canto escuro de seu almoxarifado, aquele "quartinho" que fica isolado lá no fundo...
Com certeza irá encontrar sinais de desperdício.
Outros locais interessantes são os "estoques intermediários" entre os setores operacionais... dê uma volta por lá também.
Existem torneiras pingando, caixas d'água destampadas, privadas sem tampas, cestos de lixo abarrotados e invadindo o chão ao redor, compressores rodando à toa, mangueiras com furos, lâmpadas queimadas e luminárias quebradas, aquele piso detonado... eis outra longa lista, eu sei.
Vai anotando em sua lista e lembre-se de valorar financeiramente.
E aí, como está sua lista?
Incluiu tudo, está completa?
Com todos os itens e seus valores?
Ótimo!!!!
Agora some todos os valores que você indicou.
Faça um círculo em volta desse total.
Maravilha!!!
Se quiser e puder, me envie por email.
Será bem interessante!
E você estará a contribuir com minha
http://synerhgon.com.br/desperdicio2014.pdf

PESQUISA SOBRE
O BURACO NEGRO 
DO 
DESPERDÍCIO 
E SUSTENTABILIDADE:
ZDSyn!
ZERO
DESPERDÍCIO 
SYNERHGON".
Bem, creio que agora podemos voltar ao que interessa, minha viagem ao "paraíso" de Ibiza, com suas praias lindas, pessoas maravilhosas, noitadas inesquecíveis, comidas e bebidas de primeira, belas praias de nudismo... algo que o meu e o seu imaginário nunca pensaram existir e muito menos estar.
Pois agora, com sua singela e sincera doação, de apenas R$ 100,00 (cem reais) por dia, começara a se tornar realidade... que maravilha, hein?
Prometo que lhe enviarei, em troca de sua doação, fotos e vídeos diariamente, de cada momento incrível que lá vivenciarei.
E me lembrarei de você e de sua empresa com muito carinho.
Não fique chateado... 
Essa sua doação é uma "merreca" perto do que a sua lista indica, concorda comigo?
Ah!
Assim que acabar de ler, me envie um email e lhe passarei os dados de minha conta corrente.
UHHUUUU!!!!
E lá vou eu para Ibiza, muito feliz e pulando de contentamento, em poder desfrutar desse "paraíso"... 
como um rei :-)
---------------------------------------
PS: se quiser, solicite para sua empresa uma
Avaliação Básica do Desperdício.
Para isso, você (ou melhor, você e sua empresa) precisa apenas fazer três coisas agora:
a) Acesse o documento:
ZDSyn! DESPERDÍCIO & SUSTENTABILIDADE, clicando aqui.
b) Leia com muita atenção e divulgue para todos os tomadores de decisão de sua empresa.
c) Solicite sua avaliação básica.
Para isso, entre em contato comigo.
Está é uma PROMOÇÃO ECONÔMICA E GENEROSA.
Estou a promover, para que você e sua empresa possam saber como está esse importante tema por meio dessa prestação de serviço.
Normalmente o valor para esse trabalho é de R$ 1.000,00 (hum mil reais). Esse valor está atualizado para julho de 2014.
Mas, como entendo que se interessa em 
ELIMINAR O BURACO NEGRO DO DESPERDÍCIO E GERAR SUSTENTABILIDADE
aproveite essa generosa promoção.
Por apenas R$ 25,00 (vinte e cinco reais) você e sua empresa receberão um relatório (depois de ser preenchido por você e os tomadores de decisão) por mim avaliado, contendo informações que irão ajudar e muito a descobrir como está isso aí.
Veja, o valor é simbólico.
São apenas R$ 25,00!!!
Isso equivale a somente 2,5% do valor normal dessa avaliação!
E um desconto de 75% do valor de R$ 100,00 que depositará diariamente em minha conta!
Nada mal, concorda?
Aliás, é tudo de bom!!!!
Bom demais, para quem busca encontrar e eliminar o desperdício.
E sem desperdício, gerar sustentabilidade.
Imagine que, com esse relatório de avaliação básica, você e sua empresa já poderão iniciar algumas importantes e necessárias ações para eliminar alguns pontos da sua extensa lista (aquela que você, espero, tenha feito, como sugeri acima).
Aproveite a promoção e comece agora a atacar o "buraco negro" do desperdício.
clique aqui e acesse o documento ZDSyn!
-------------------------------- 
PPS: se você entende que sua empresa não desperdiça, gostaria muito de conversar e conhecer mais sobre isso. 
Basta enviar um SMS e lhe ligarei de volta. Ou comente aqui no blog.
http://synerhgon.com.br/ZDSyn_desperdicio2014.pdf

terça-feira, 15 de julho de 2014

"COPA DA CONSCIÊNCIA": Faça Mais e Melhor... Semear Um Futuro SYN! AGORA

Ficamos realmente decepcionados com a nossa seleção canarinho, PENTACAMPEÃ do mundo.
O espetáculo da #Copa2014 #WorldCup foi bom para o Brasil, mas uma vergonha para nossa seleção...
Enquanto aplaudimos a seleção da Alemanha, que demonstrou como se faz quando se trabalha de forma integrada e sinergética.
Fica evidente que não é possível alcançarmos qualquer meta _ seja a tão sonhada taça ou as necessárias obras de infraestrutura em torno dos estádios _ sem método previamente definido, concorda?
O que isso nos indica, ainda que de forma doída?
Que a união de Metas e Métodos cria o famoso e necessário PLANEJAMENTO.
E com ambos, pode-se buscar os resultados esperados.
Outro ponto a destacar aqui é que em todo e qualquer planejamento, existe uma poderosa energia, quando fechamos os planos, que é a busca por seus resultados finais.
Isso acontece comigo e acredito com você também.
As energias começam a se movimentar para as metas desejadas.
E junto com esse movimento, entra o fator tempo.
E vão surgir então outros dois desafios, tão importante quanto as metas e os métodos: o controle do andamento das metas e a manutenção dos métodos.
Isso significará e será muito importante que:
(a) todos os envolvidos tenham participado e estejam cientes de ambos.
(b) ao longo do tempo, as revisões das metas vão indicar as correções necessárias para serem atingidas.
(c) esse exercício precisa ser feito, caso se queira atingir as metas. Não se pode esquecer nem abandonar os Planos.
(d) os ajustes nos métodos são delicados e, se feitos, precisam ser levados a todos os envolvidos.
(e) os objetivos finais se tornam mais palpáveis, gerando confiança dos envolvidos.
Pensando nisso e sabendo que um dos grandes desafios que nós, brasileiros, precisamos encarar de frente, é a questão da preparação, do conhecimento, da troca de experiências, desenvolvi um programa para atender as necessidades, tanto
de profissionais como você, como para os gestores de equipes e os empresários:
PROGRAMA SEMEAR UM FUTURO SYN!
Composto de 3 meses e 9 encontros, para levar e buscar desenvolver nas pessoas _ o Capital Humano _ a confiança e o comprometimento ativo.
Conheça mais, faça agora um contato e vamos conversar.
E com isso, nos preparar desde já para
Aguardo seu contato para Semearmos Um Futuro SYN!
http://www.slideshare.net/ricomader/semear-umfuturosyn

quinta-feira, 10 de julho de 2014

11 passos para as COMPRAS e seus efeitos na dinâmica empresarial

Quem atua em COMPRAS vai entender o que está exposto aqui.
E quem não, poderá aprender que comprar é um dos grandes desafios _ junto com VENDAS _ para o bem estar financeiro de sua empresa.
Uma cena comum, que encontro nas conversas e visitas às empresas, da qual pode-se, com uso de SENSO SISTÊMICO, rapidamente se detectar e melhor... atuar para corrigir, antes que seja tarde demais.
E o tarde aqui pode significar não somente o tempo perdido, mas também muito Capital Financeiro mal aplicado!
Veja o gráfico abaixo, que criei para expor o tema e seus reflexos:

http://synerhgon.com.br/SYNERHS_curso_compras.htm
Tudo começa quando "alguém precisa de algo".
Isso acontece, pois no desempenho de qualquer atividade dentro do Ser Empresa, o uso dos recursos certos é o que permite realizar com precisão aquilo que lhe foi solicitado.
Porém...
Surgem alguns empecilhos que podem gerar confusões ao longo do tempo.
Por exemplo, aquele "alguém que precisa de algo", lembrou disso porque ao buscar o recurso, verificou que já está acabando ou que é o último disponível.
Até aqui, perfeito!
Ele se lembrou que precisa repor...
Mas o telefone tocou, um email chegou, alguém entrou na sala e iniciou uma conversa...
E tão rápido quanto havia se lembrado que precisava pedir aquele recurso, envolvido com as demandas que não têm controle e atuam fortemente em seu emocional, deixou para depois...
E o tempo passa.
Passa um dia (ou vários dias) até que novamente precisa do recurso.
Pronto!
Ao buscá-lo, verifica que é o último (tomara) ou que aquele recurso acabou... zerou... está sem nenhum.
Rapidamente passa para o "agora vou pedir esse algo", senão não atenderei no prazo combinado.
Tomara que, sentindo que vai ficar numa situação delicada, inicie o próximo passo.
Assim, "faz a solicitação de compra" e remete para o setor de Compras.
Muito bem!!!
Em Compras, alguém verifica que "há uma solicitação de algo" a ser atendida.
Entra em ação e "realiza as atividades de compras": conferir a solicitação recebida (que se estiver conforme combinado, prossegue, ou, caso alguma informação esteja a faltar ou não entendida, será devolvida ao solicitante).
Depois de conferida, levanta o histórico do recurso, fornecedores, valores e prazos já negociados anteriormente, entra em contato e solicita cotações aos fornecedores, compara-os, negocia os detalhes e uma vez esse passo a passo feito, encaminha para aprovação da diretoria (ou alguém com Autoridade e Responsabilidade dentro do Ser Empresa para isso).
Aqui pode surgir um interessante e perigoso gerador de estoques (e portanto de uso de Capital Financeiro), que vale destacar.
O movimento "alguém precisa aprovar" é delicado na régua do tempo...
Vamos imaginar que esse personagem "alguém precisa aprovar" decidiu e informou a todos no ser Empresa que, como essa atividade é cansativa e chata, somente fará isso às 3as. e 5as. feiras no horário das 10:00 às 11:00 horas.
Que beleza!!!!!
Uma beleza para esse "alguém precisa aprovar", pois assim poderá usar o resto do seu tempo em outras atividades mais... digamos.... interessantes.
Porém, um tremendo e péssimo reflexo se fará e estará presente na fluidez para todos os demais, com destaque em estoques de segurança maiores e um delicado relacionamento entre o COMPRAS e seus clientes internos, entre eles o FINANCEIRO.
Uma vez aprovada, retorna ao COMPRAS, que entra em contato com o fornecedor escolhido e formaliza o fechamento do pedido daquele recurso.
Assim, parte do ciclo de reposição se completa, com o "mandar o pedido fechado" para o fornecedor escolhido.
Essa informação do pedido fechado, estabelece um dado muito importante:
O PRAZO DE ENTREGA combinado.
Durante esse tempo necessário combinado, o "fornecedor produz" aquele algo que alguém precisa.. e essa informação está disponível no ERP para quem de direito.
O tempo continua a fluir, certo?
Chega então o dia em que o "fornecedor entrega".
Vamos considerar aqui, que esse fornecedor atendeu o pedido dentro do prazo combinado, para que você não fique estressado... rss
Uma vez que o recurso chegou no Ser Empresa, algumas atividades ocorrem, tais como "receber, vistoriar e guardar" e assim, agora já está disponível.
Finalmente, nosso personagem "alguém precisa de algo" poderá, então, solicitar ao Almoxarifado e assim, realizar sua atividade, pois "chegou algo para alguém".
E assim o ciclo se repetirá novamente, certo?
Certo... mas vale aqui algumas #synerhdicas para que reflita:
a) O único tempo conhecido é o Prazo de entrega do fornecedor.
E tomara que esse fornecedor não atrase a data de entrega combinada... senão mais um adicional em seus estoque de segurança... e capital financeiro "parado"!!
b) Se aquele personagem "alguém precisa de algo" não agir o mais rápido que puder para "fazer a solicitação de compra", potencializará problemas tanto para ele quanto para o COMPRAS e bem.... já sabemos para quem vai sobrar.
c) Dependendo da quantidade de itens em seu tipo de negócio, a #synerhdica é adotar a Classificação ABC de estoques, para servir de referência para quem compra e para quem guarda os itens.
d) Isso vai ajudar principalmente se o "alguém precisa aprovar" adotar políticas como a do exemplo acima... extremamente prejudiciais à fluidez do negócio.
e) Adotar em COMPRAS o saudável hábito de trabalhar com Análise de Giro de Estoques, que permite antecipar e mais importante ainda, verificar com os personagens "alguém precisa de algo" porque estão ou não a consumir um determinado item.
Afinal, COMPRAS só começa a trabalhar (senso simples aqui, por favor... antes que você me xingue) quando recebe uma solicitação de compras.
Espero que possa realmente refletir com carinho e atenção para os pontos acima identificados.
E, caso queira conversar, entre em contato.
Será um imenso prazer colaborar para uma melhor fluidez em seu negócio.
Até breve!!!
http://synerhgon.com.br/SYNERHS_curso_compras.htm