terça-feira, 28 de junho de 2011

A importância de tornar o Tempo e o Método relativos em padrão: “Putz! Quanto tá custando mesmo meu produto e/ou serviço neste instante?”

Imagine a seguinte cena: 
Einstein acaba de expor sua Teoria da Relatividade aos colegas profissionais numa árdua batalha para defender seus pontos de vista, obtendo sucesso, como bem sabemos.
Um dos componentes da famosa fórmula E = mc2 é a unidade de tempo.
Como ele mesmo estudou e demonstrou, este Tempo é relativo e diretamente proporcional à Massa de um objeto (que tanto pode ser você, como da cadeira aonde está agora sentado ou de um insignificante fóton).

Considere então, numa associação divertida e salutar, que em sua empresa (seja ela de produtos, comércio ou serviços) cada colaborador está a fazer suas atividades, certo?
Escolha qualquer um.
Agora, vamos observar com maior sensibilidade o que está a fazer.
Como está a fazer.
E quanto tempo relativo é preciso dispor (portanto gastar determinada energia) para completá-la. 
Ótimo! 

Agora vamos observar aquele outro colaborador que também executa a mesma atividade. 
É quase certo que poderá ocorrer entre eles variação tanto de tempo como de método. 

Continue suas observações com os demais, sempre prestando atenção nesses dois pontos chaves: o tempo que levam para concluir e o método que utilizam...

http://synerhgon.com.br/conceitos.htm
Já ficou claro e entendeu que, caso seja possível, e na grande maioria das atividades o é, determinar o tempo e o método padrão para se realizar cada uma delas, vai trazer como resultado uma melhor interpretação de cada um dos componentes presentes e atuantes: seres humanos, máquinas, materiais, meio ambiente, manutenção, movimentação e método.
E, com grande probabilidade de, agora sim, poder estimar o mais próximo de uma realidade relativa, o tempo padrão, tendo como base uma metodologia de operação.

De posse deles, fica muito mais claro, tanto para aquele que executa, quanto para todos os demais e para quem dirige, poder a qualquer instante saber responder às questões:

Qual é o custo de seu produto e/ou serviço nesse instante?

Quanto significa conhecer e atuar com base em tempos e métodos corretos, para economizar sem comprometer a qualidade de seus colaboradores, produtos e/ou serviços?

As medidas de tempo e o conhecimento do método padrão são a sua melhor referencia para determinar quais são os locais que necessitam de melhorias. Servem para administrar sua produtividade e determinar, em conjunto com outras, qual é o custo padrão do produto e/ou serviço que você e cada colaborador faz e todo o seu negócio desenvolve.

Uma correta abordagem gera melhorias significativas nos tempos padrões, elevando a competitividade das operações e obviamente da sua empresa.

Para isso, é preciso identificar qual é o melhor método para a medição de tempos e a melhor estratégia para melhorar seus processos como um todo. 
Este é um dos focos de conhecimento prático e teórico em que atuo quando, ao unir a cronoanálise, mapa de processos e o senso humano, entre outras, resultará em maiores, melhores e mais rápidas (dentro dessa nossa realidade relativa) formas de atingir os resultados e as metas planejadas, pois como sabemos, E = mc2.

Solicite um contato e transforme seu negócio de relativo a padronizado em tudo que fazem, sem perder ou desestimular você e seus colaboradores.
Entre em contato agora ou acessando www.synerhgon.com.br.

http://synerhgon.com.br/SYNERHS_curso_cronoanalise.htm
PS: Se gostou, compartilhe com sua rede de contatos aí na empresa e nas redes sociais. Se tiver dúvidas ou queira compartilhar suas sensações, deixe seu comentário e conversamos. Syn! Vibro que aprecie muito!

curta.contate.siga.vamos.juntos