quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Administração do Capital Humano: integrar é fundamental!

Um dos grandes desafios empresariais é a relação capital e trabalho.
Isso não é novidade, desde antes de Karl Marx realizar sua interpretação e tornar claro o conflito existencial de ambos em O Capital, no quarto final do século XIX.

Na jornada que realizo, dentro da minha missão de vida, focada em aprimorar as organizações, o tema está sempre presente e continua polêmico.
Assim, numa tentativa de buscar uma melhor relação quando se fala de seres humanos se relacionando no ambiente organizacional que - se não for muito bem conduzido pela direção - pode se tornar uma verdadeira batalha onde personagens saídos das mais profundas imaginações se tornam presentes.
E pior, atuantes tanto no palco principal quanto no auditório e seja com luz ou sua ausência acabam por realizar o chamado "facão brilhante e degolador" zunir nas cabeças de pessoas que são competentes e capazes em suas atividades e que, como qualquer mortal, podem ser incompletas no quesito fofoca, rádio peão, ironias e na "síndrome do servidor público", entre outras.
E o resultado dessa perda só será sentido pela direção quando, numa certa manhã de sol, descobre que está criando não um negócio que busca lucratividade e rentabilidade e sim um ninho de cobras venenosas!!!



Nesse sentido, desenvolvi uma abordagem que chamo de Integração Profissional, oportunidade em que a empresa realiza com os novos colaboradores (e os que ainda não o fizeram) um momento de adequação ao seu sistema de negócio, à cultura que sua empresa possui.
Mas para que?
Para que este novo colaborador haja com confiança e compreenda perfeitamente o que, como, quando e onde executar suas atribuições, saiba a quem recorrer para apoiá-lo e se sentir “em casa” para dar o seu melhor e receber o apoio dos demais, quando necessita.

Vivenciei esse processo numa grande organização que trabalhei e sempre me recordo, pois foi um diferencial pessoal e competitivo de grande impacto nos resultados desafiadores que tanto eu como qualquer novo colaborador irá enfrentar.

Recomendo que essa atividade de integração seja realizada para as organizações que buscam ser as melhores em seu segmento de atuação, pois está provado que o cliente interno é e sempre será seu melhor termômetro na delicada e fundamental relação capital e trabalho.

Para saber mais, acesse www.synerghgon.com.br e informe-se no Menu Capital Humano, Integração Profissional ou clique aqui para acesso ao conteúdo e mais informações.


PS: Se gostou, compartilhe com sua rede de contatos aí na empresa e nas redes sociais. Se tiver dúvidas ou queira compartilhar suas sensações, deixe seu comentário e conversamos. Syn! Vibro que aprecie muito!

curta.contate.siga.vamos.juntos